Antecipação de Recebíveis como auxilio de caixa positivo

Ganhe fôlego de caixa com o Supply Chain Finance

É comum o caixa das empresas secarem com o fim de ano e sofrerem um pouco com as contas que chegam no começo do ano. 

A antecipação de recebíveis pode ser a solução para fluxo de caixa ideal nesses períodos que as companhias estão caminhando. Já que muitas pequenas e médias empresas (PMEs) podem sentir dificuldades na gestão financeira. Então, o desafio é lidar com todas essas despesas e, ainda assim, manter o fluxo de caixa positivo. 

E neste conteúdo você vai poder entender como manter um caixa saudável e proporcionar melhor gestão.

Como Supply Chain Finance ajuda seu caixa a ficar positivo

O Supply Chain Finance (SCF) é o tipo de fomento de capital direcionado exclusivamente aos fornecedores, representando uma solução financeira que está à disposição das companhias para equilibrar a relação que estabelecem com toda a sua cadeia produtiva

Este benefício está diretamente associado à reposição de matéria-prima e à entrega dos materiais necessários para que as produções ganhem fôlego e as vendas das empresas aconteçam, por exemplo. 

O objetivo, no entanto, é dedicar atenção a essa cadeia e ter a certeza de que todas as movimentações estão seguindo o fluxo ideal – desde a compra de materiais, logística de transportes, sistema de armazenamento, ciclo produtivo e a gestão do estoque.

Soluções que se destacam com o Supply Chain Finance

Existem algumas soluções no mercado que remetem ao Supply Chain Finance, tais como acordos de limite de crédito sacado com instituições bancárias e plataformas de leilão de taxas. 

No entanto, a aplicação total do conceito, em que o capital de financiamento é originado de empresas que fazem parte da cadeia, só é possível com a criação de braços financeiros dedicados às operações. 

Isso porque, por meio deles, os compradores trabalham baseados no relacionamento com fornecedores, negociando prazos maiores para o pagamento de produtos e/ou serviços e oferecendo o recebimento adiantado desses recebíveis com taxas mais baixas.

Com isso, o fornecedor obtém capital de giro sem a necessidade de empréstimos junto aos bancos e financeiras. Tal tecnologia desempenha uma função essencial nestes processos, atuando como o recurso que automatiza as transações, tornando-as mais rápidas, eficientes, baratas e transparentes. 

Diante deste cenário é possível gerar competitividade e aumentar a rentabilidade da sua empresa, facilitando, assim, a expansão dos negócios – além de, claro, outras vantagens, como trabalhar com o fluxo de caixa positivo, simplificar processos, analisar seu mercado de suprimentos e flexibilizar a cadeia de suprimentos.

É imprescindível ressaltar que o financiamento entre os diversos elos da cadeia de suprimentos pode ocorrer de duas maneiras, são elas:

  1. Utilizando recursos próprios da empresa ou empresário, ao qual passa a financiar diretamente com o fornecedor, 
  2. Negociando com instituições financeiras para obtenção de crédito mais barato por meio de risco sacado (que rentabiliza para as instituições).

No caso das instituições financeiras, por exemplo, é muito comum que peçam um excesso de documentações para as empresas e, em alguns casos, até para os fornecedores.

Acreditamos que essa burocracia prejudica o acesso aos serviços de crédito, prolonga o prazo de espera do recebimento e até descredibiliza a sua empresa diante dos fornecedores. 

Por isso, ao pesquisar instituições financeiras, opte pelas que oferecem o SCF de forma desburocratizada, ágil e digital.

Benefícios de contar com um braço financeiro 

Otimização do fluxo de caixa: Para alcançar máxima eficiência e lucratividade, uma empresa precisa trabalhar com fluxo de caixa equilibrado. Isso significa expandir o prazo de pagamento da compra de insumos para uma data posterior ao recebimento pela venda do produto final.

Padronização das contas a pagar: Empresas sadias trabalham com dias pré-definidos para o pagamento de seus parceiros e fornecedores, para que elas ganhem em previsibilidade de rotina, eficiência do seu time operacional e melhor planejamento financeiro.

Liquidez ao fornecedor: Mesmo com o alongamento do prazo no pagamento das contas da sua empresa, o seu fornecedor não perde a liquidez de caixa, bastando poucos minutos para receber à vista o direito creditório antecipado, garantindo a sustentabilidade do seu negócio.

Saúde Financeira: Manter um fluxo de caixa saudável atrelado à previsibilidade financeira reflete diretamente no fortalecimento da empresa, que naturalmente deixa de recorrer aos empréstimos e passa a contar com um bom perfil e score no mercado.

Relacionamento de confiança: Ter um braço financeiro próprio, suportando seu fornecedor, promove um sentimento de confiança e segurança do acesso ao crédito mesmo em meio às crises, cenário em que grandes instituições costumeiramente retiram sua oferta do mercado.